segunda-feira, 25 de junho de 2012

8 ou 80


Como traços abstratos, desenhados sob a superfície fria de um muro de concreto, deixo-me levar entre cores neutras, na esperança de que meu vazio seja preenchido com o ácido sabor do desconhecido. Cansado de procurar razões, abandonei filosofias e vícios no intuito de apenas permitir-me ser. Cansado de procurar respostas em biografias alteradas, fui aos poucos derrotando meus heróis. Exausto em tentar disfarçar minha personalidade com frases feitas, estou aprendendo a ser verdadeiro na intensidade do meu olhar. Após ser derrotado diversas vezes pela fria realidade, levanto uma bandeira branca! Não mais criarei mundos aleatórios, pois na verdade minha tentativa de isolamento era inútil, visto que, jamais conseguirei esconder-me de mim mesmo. Quando tudo parece pequeno e o pouco se torna sem sentido é mais fácil caminhar, andando sem rumo e solitário até reencontrar em si mesmo a força necessária para se sentir bem sem intervenções. Sei que nada jamais será o suficiente, assim como sei que o vazio sempre estará ao lado, mas a vontade de experimentar, criar e sentir são acima de tudo motivos reais para seguir em frente. Para não correr o risco de andar por caminhos errôneos, prefiro andar sem direções; se eu me perder, pelo menos saberei que estou seguindo em frente e não parado esperando encontrar um caminho certo a seguir.

Paullo Lenore.

12 comentários:

  1. sempre trazendo textos maravilhosos,to com saudade de você sumiu derre-pente http://cinnamoncake-br.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nobre Lord Paullo
    Vossa ausência se fazia notada meu caro,
    Vosso escrito é inspirador, belíssimo!
    inevitável não parar e refletir após o ler,
    qual caminho seguir? há mesmo um ? Independentemente de tudo
    o mais coeso é sempre seguir e romper' as dificuldades da vida,
    esta mesma vida que também oferta bonanças'!
    Parabéns Lord

    ...
    Tenha uma Boa tarde e
    Uma Ótima Semana!

    Cuide-se!

    ResponderExcluir
  3. Oi Paulo!!!
    Saudades de ler seus textos.
    É inevitável o autoconhecimento diário. Por onde quer que andes, sempre encontrará um pouco da sua essência.
    Tenha um ótimo domingo e uma semana pra lá de especial.
    Bjs... :)

    ResponderExcluir
  4. Verdades nunca foram absolutas e nossa vida nunca será concreta. Somos seres em construção.
    Que belo texto!!!!
    Um grande beijo

    ResponderExcluir
  5. baseado em mim esse texto amigo?
    só pode!!



    abraços!

    ResponderExcluir
  6. Bom texto Paullo. Parabéns pelo blog. Quando quiser as portas do meu blog estarão abertas para os seus textos. Abraço

    ResponderExcluir
  7. Oi coração, eu já te seguia a tempos, só estava te devendo uma visita. Obrigada por visitar-me assim é como uma lembrança.

    Quanto ao texto muito bom, gosto muito de seu estilo de nos alcançar. Nessa busca infinita de sermos nós vamos caminhando buscando dias melhores e com isso nos entendermos em cada passo. Parabéns.

    ResponderExcluir
  8. E é por esses caminhos tortos que se encontram as melhores coisas... Que lindo seu texto!

    ResponderExcluir
  9. lindo seu texto, me identifiquei bastante

    ResponderExcluir
  10. Que texto bem escrito! Pelas verdades contidas e pelo estilo puro.
    Aplausos pra você! Fazia algum tempo que não lia algo assim.

    bjs
    Tais

    ResponderExcluir
  11. Nossa!!!

    Há algum tempo você visitou meu blog confesso que só vi o comentário hoje revendo o blog com cautela e gostei muito das palavras que você me enviou, então vim aqui no seu mundo particular e vou lhe dizer meu blog é um amador perto do seu, textos muito bons e intenso parabéns seguindo com fervor.

    ResponderExcluir
  12. Nossa, adorei o texto.
    Algumas pessoas acham errado dizer que o copo está sempre meio vazio, mas pra mim isso é besteira, eu penso assim, o copo sempre estará meio vazio pra mim, pois por mais que as coisas estejam indo bem eu sempre irei querer que elas fiquem melhores do que já estão.

    Gostei muito do blog, parabéns. :)

    ResponderExcluir